Prémio Infante D. Henrique

O Prémio Infante D. Henrique, versão portuguesa do “The Duke of Edinburgh’s International Award”, é o único programa internacional que reconhece o desenvolvimento pessoal e social de jovens por aquilo que eles fazem fora das aulas.

O prémio é para todos os alunos dos 13 aos 25 anos, que assim ganham uma certificação pelas suas actividades extra-curriculares, muito apreciada pelas Universidades e empresas.

A aluna do Liceu São Tomás, Maria Luisa do Amaral, inscreveu-se este ano para robustecer a sua candidatura a uma Universidade no Reino Unido.

A inscrição pode ser feita num dos três níveis, dependendo da idade (Bronze, Prata ou Ouro), e abrange actividades de Voluntariado, Atividade Física, Talentos, Aventura e Projeto Residencial (somente para Ouro).

As actividades extra-curriculares desenvolvidas no Colégio podem contar para o programa e todas são escolhidas pelo próprio aluno.

No Colégio de S. Tomás a monitora do Prémio é a Rosário Coelho da Silva – maria.silva@colegiodestomas.com. Para inscrições e dúvidas, por favor contactem-na.

Mais sobre o Prémio Infante D. Henrique:
premio-idh.com  
youtu.be/QDAG58QXRdM

Primeiro aluno ordenado Sacerdote

Cláudio Rodrigues é o primeiro antigo aluno do Colégio de S.
Tomás a ser ordenado padre, motivo de grande alegria e ação de graças de toda a
comunidade de capelães, professores, amigos e famílias do colégio.

Convidado para os Cavaleiros por grandes amigos, o Cláudio
fez um percurso cheio de entusiasmo. O Padre João Seabra propôs ao Cláudio o
Colégio de S. Tomás como possibilidade de um amadurecimento humano que tornasse
robusta a sua liberdade. Assim, o Cláudio entrou no Liceu São Tomás em 2010.

A sua alegria e simpatia, a sua dedicação ao estudo e
grandeza nas amizades, o testemunho da sua fé cada mais sólida fizeram do Cláudio
uma presença viva no colégio. Tudo o que foi proposto o Cláudio abraçou com simplicidade
e ousadia, desde o Concurso das Personalidades onde levou Martin Luther King a
uma final renhida com a melhor aluna do seu ano, até à viagem de finalistas a
Roma, onde já falava alegremente da sua decisão de ser Padre, diante do espanto
e da comoção dos seus amigos.

 Terminou o Liceu em
2013 e entrou no Seminário de Almada, na sua Diocese de Setúbal, onde fez um
caminho certo, sereno e cheio de beleza. Agora, já diácono, está prestes a
abraçar a sua vocação de padre. Será ordenado no dia 7 de Dezembro de 2020, em
Almada e no dia 10 de Dezembro, celebrará Missa Nova no Colégio de S. Tomás.

Retribuir a quem dá

O Bazar de Natal do Colégio de S. Tomás é uma tradição desde a sua fundação. Todos os anos contamos com dezenas de marcas num evento solidário de venda ao público de produtos de moda, gastronomia, livros, etc…

Este ano, infelizmente, não poderemos fazer o Bazar de Natal.

Mas podemos fazer alguma coisa por estas marcas. Gostaríamos de as apoiar, a estas empresas portuguesas que tanto têm contribuído ao longo dos anos para as bolsas de estudo do colégio (100% das receitas de aluguer dos espaços vão para as Bolsas de Estudo do Colégio de S. Tomás).

Assim, deixamos aqui algumas dessas marcas e os seus produtos e esperamos com isso, ajudar as nossas famílias a encontrar bonitos presentes de Natal!

Grupo empresarial lança jogo de empreendedorismo a alunos de 2.º ciclo

O Grupo Your esteve ontem no Colégio de S. Tomás a apresentar o “Your Business City”, um jogo que desafia as crianças a olharem à sua volta e resolverem problemas reais.

Com uma grande componente didática, este jogo de tabuleiro ajuda a estimular o espírito de empreendedorismo e transmite conhecimentos de gestão aos mais novos.

Na quarta-feira, dia 9 de dezembro, o Grupo Your estará nas Conchas a vender o jogo. O pagamento poderá ser feito por Multibanco ou em dinheiro (quantia certa). É possível também comprar na página do Grupo Your, com entregas até 72 horas e custo de transporte para Portugal Continental 4€. 

Alunos do 9.º ano doam dinheiro de viagem ao Banco Alimentar

9300 pequenos-almoços para famílias carenciadas

Cerca de 9300 pequenos-almoços foi o que os alunos do 9.º ano do Colégio de S. Tomás (Lisboa) conseguiram doar ao Banco Alimentar e às famílias que este ajuda, ao abdicar do dinheiro que angariaram para a sua Viagem de Finalistas.

Como gesto de conclusão do 3.º ciclo, os alunos iam a Roma em abril. Devido ao crescente número de casos de infetados em Itália, foi decidido cancelar a viagem.

No entanto, os alunos tinham já angariado cerca de 1.000,00 € para os colegas que não podiam suportar os custos. Para que ninguém ficasse “em terra”, desenvolveram ao longo dos meses que antecederam a viagem, várias iniciativas de angariação de fundos.

Como o colégio nos transmite valores de solidariedade e amizade, e como havia algumas famílias que não tinham capacidade para pagar a viagem, organizámo-nos e fizemos bancas onde vendíamos waffles, cachorros, para com o dinheiro dessas vendas podermos pagar uma parte da viagem às famílias. (Matilde Magano – aluna do 9.º ano)

Porquê o Banco Alimentar?
Com toda esta situação endémica, percebemos que o dinheiro não ia ser usado e confirmámos que a viagem tinha sido cancelada. Pensámos em alternativas para usar o dinheiro e durante a tomada de decisão, começámos a ver várias reportagens com famílias que precisavam de ajuda e que o Banco Alimentar as estava a ajudar. Ficámos sensibilizados com isso e, a partir daí, não foi difícil eleger o Banco Alimentar, porque percebemos que várias famílias dependiam da sua ajuda.

Segundo a Presidente do Banco Alimentar, Isabel Jonet que esteve ontem numa assembleia com todos os alunos via zoom, devido à pandemia de Covid-19, há mais 60.000 famílias a depender da ajuda do Banco Alimentar para se alimentar todos os dias. São famílias que deixaram de ter rendimentos durante o confinamento e que, mesmo depois da retoma da atividade económica (reabertura de lojas e serviços), vão demorar a recuperar a autonomia financeira, uma vez que as dívidas relativas a rendas e contas, se foram acumulando.

A Presidente agradeceu aos alunos e congratulou o colégio pela promoção de valores como estes: Queria mesmo agradecer-vos a cada um e também ao colégio, que está a levar este valor da partilha e da solidariedade e que sobretudo vai fazer com que vocês, quando forem para a vida adulta – seja como mães, pais, políticos, decisores, gestores – tenham em vocês esta ideia.

Estado de emergência

A relação educativa revelou toda a sua potência.

O estado de emergência que nos obrigou a transferir o ensino e a proposta educativa para a rede virtual tem-se revelado uma circunstância muito desafiador. 

Professores e restantes colaboradores, alunos e pais adaptaram-se com surpreendente rapidez e aprenderam muito em pouco tempo. 

A relação educativa, constituída através da convivência presencial revelou toda a sua potência. 

A amizade entre professores e alunos, a entreajuda e confiança entre todos os adultos que trabalham nos colégios e a aliança com as famílias permitiu uma adaptação fantástica e a continuidade de uma relação educativa alegre, profunda e cheia de esperança.

505 230 658. Basta isto.

Colegio St. Tomas IRS 2019

Obrigado por nos ajudarem a dar continuidade ao nosso projecto.

Obrigado às famílias que, ao longo destes anos, têm vindo a apoiar-nos através da consignação do IRS. Desde 2012 já angariámos, através da consignação do IRS das nossas famílias e amigos, aproximadamente 267.000€! 

Conseguimos assim, assegurar bolsas de estudo para 48 alunos.

Para continuarem a ajudar-nos, devem identificar a entidade a quem pretendem consignar o IRS no Portal das Finanças ou através da App “Agregado Familiar” que se encontra disponível na AppStore e no Google Play.

Obrigado!

Vimos pedir-vos que continuem a fazer esta consignação ou que passem a fazê-la: ela é essencial para continuarmos a melhorar os colégios e a permitir que algumas famílias possam ser ajudadas através dos colégios.

Agradecemos desde já a confiança que assim manifestam no nosso contributo para construir um futuro melhor através da educação dos mais novos!

Muito obrigada!